AAAFC – MS

Associação dos Apicultores da Agricultura Familiar de Corumbá 

Possui sede na comunidade Nossa Senhora de Fátima, no Assentamento Taquaral, lote 257, anexo à Paróquia São João Bosco, na Agrovila II, no município de Corumbá, a cerca de 20 km da sede.

O assentamento Taquaral está localizado na borda oeste de Corumbá. Foi fundado em 1989 através das famílias oriundas de diversas regiões de Mato Grosso do Sul e de outros estados do Brasil. Possui área total de 10.426,85 ha. Apenas 6.239,62 ha foram utilizados para reforma agrária, com 394 lotes com de media 15 ha. O restante da área (3.434,39 ha) é destinado para a reserva coletiva do assentamento.

Em fevereiro de 1997, um grupo de 15 agricultores dos assentamentos Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro (Corumbá-MS) tiveram o primeiro contato com a apicultura, através um curso básico de apicultura viabilizado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e parceiros. Ao final do curso, o banco do Brasil viabilizou financiamentos aos interessados para compra de equipamentos apícolas com objetivo de iniciar a atividade.

No ano de 2002 nasceu o grupo JUMAT – Jovens Unidos pela Mãe Terra, que tinha como meta fortalecer a permanência do jovem no campo. Este grupo agregava jovens dos assentamentos Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro. Contudo, faltava poder jurídico para buscar apoio financeiro e viabilizar projetos maiores que atendessem a demanda e a permanência do jovem no meio rural. Diante disso, no dia 22 de janeiro de 2011 nasceu a Associação dos Apicultores da Agricultura Familiar de Corumbá – AAAFC/MS constituída por filhos e filhas de trabalhadores da agricultura familiar de assentamentos rurais da reforma agrária de Corumbá.

A AAAFC é uma entidade sem fins lucrativos que tem como principal objetivo desenvolver alternativas sustentáveis, que possibilitem melhorar condições de vida para as famílias dos agricultores dos assentamentos Taquaral e região de Corumbá. Para tanto, incentiva a produção apícola, respeitando os costumes locais e o ambiente. Também promove capacitação e profissionalização dos apicultores, transporte, beneficiamento, classificação, envasamento e comercialização dos produtos de forma individual e coletiva.

A associação tem um apiário que funciona como base de estudos de campo para os alunos(as) da Escola Municipal Rural Polo Monte Azul, com metodologia voltada para a educação do campo, que é aplicada de forma interdisciplinar em todas as disciplinas das séries finais do ensino fundamental. As práticas apícolas desenvolvidas vão desde o manejo básico de colmeias à extração do mel. O aluno é incentivado a proteger as matas nativas, a perceber a importância dos insetos para a manutenção das florestas, entre outras.

O perfil econômico dos associados é equivalente da agricultura de subsistência, com plantio de mandioca, milho, feijão e hortaliças, que são comercializados nas feiras locais da região. A Associação tem apoiado a realização de cursos sobre apicultura, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e a Secretaria de Produção Rural de Corumbá-MS, a fim de fomentar novos interessados em desenvolver e aprimorar essa atividade em sua propriedade. Uma das demandas identificadas é a ausência de compras de produtos pelos programas sociais do governo federal como: Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Aquisição de Alimentos (PNAE). Atualmente a produção dos associados é comercializada em feiras livres e vendida na própria residência. A falta de unidade de beneficiamento, nos padrões sanitários exigidos, limita o acesso ao mercado e na merenda escolar. Outras limitações indicadas são as ausências de: caixas padronizadas nas normas da ABNT, tela excluidora, coletor de pólen, própolis, alimentador, macacão, luvas, botas, garfo desoperculador, decantador, desumidificador, descristalizador, centrifuga, máquina de sache, Kit para beneficiamento da cera composto por cilindro alveolar, derretedor de cera e tábua para modelação das laminas e uma sala de beneficiamento e envasamento de acordo com as normas exigidas pelos órgãos de inspeção Municipal e Estadual com dois banheiros. Também, uma camioneta para o transporte dos produtos do apiário para a sala de beneficiamento e para o mercado.

A associação tem um apiário coletivo com 30 colmeias com produção de 400 quilos de mel por ano. Porém, estima-se o aumento dessa produção e a elaboração de subprodutos, como o pólen e a geleia real, bem como a construção de uma Casa do Mel. Participam dos trabalhos no apiário coletivo 20 famílias associadas.

mapa corumba